ALMOÇO / CONVÍVIO

ALMOÇO / CONVÍVIO

Os futuros almoços/encontros realizar-se-ão no primeiro Sábado do mês de Outubro . Esta decisão permitirá a todos conhecerem a data com o máximo de antecedência . .
.
.

BOAS FESTAS!

.
.


.

.

Durante duas semanas vamos falar de Natal.

Inicio esta série com uma notícia da Gazeta das Caldas que, em 1964, assim noticiava a Festa de Natal do Externato Ramalho Ortigão.

Desse acontecimento tenho duas fotografias , que aqui incluo.

Está este espaço aberto a memórias de Natal relacionadas com o nosso tempo no Colégio, mas também a todos os que queiram simplesmente enviar mensagens a todos os bloguistas. BOAS FESTAS!

.

.

.

.

2 comentários:

Manuela Gama Vieira disse...

Não foi por mero acaso que escolhi Miguel Torga e este seu belo poema- "Natal Antigo"- para desejar a todos nossos Professores e a todos os meus Coelgas, um FELIZ NATAL!

"HISTÓRIA ANTIGA

Era uma vez, lá na Judeia, um rei.
Feio bicho, de resto:
Uma cara de burro sem cabresto
E duas grandes tranças.
A gente olhava, reparava, e via
Que naquela figura não havia
Olhos de quem gosta de crianças.

E, na verdade, assim acontecia.
Porque um dia,
O malvado,
Só por ter o poder de quem é rei
Por não ter coração,
Sem mais nem menos,
Mandou matar quantos eram pequenos
Nas cidades e aldeias da Nação.

Mas,
Por acaso ou milagre, aconteceu
Que, num burrinho pela areia fora,
Fugiu
Daquelas mãos de sangue um pequenito
Que o vivo sol da vida acarinhou;
E bastou
Esse palmo de sonho
Para encher este mundo de alegria;
Para crescer, ser Deus;
E meter no inferno o tal das tranças,
Só porque ele não gostava de crianças."

Miguel Torga
Antologia Poética
Coimbra, Ed. do Autor, 1981

Anónimo disse...

Muito bem escolhido o poema de Natal.
Eu só venho aqui dar uma espreitadela para aproveitar a deixa do JJ e aqui deixar a todos os meus votos de bom Natal. E, já agora, como é da praxe, desejo também a todos um óptimo 2009.
Até para o ano.
Isabel VP