ALMOÇO / CONVÍVIO

ALMOÇO / CONVÍVIO

Os futuros almoços/encontros realizar-se-ão no primeiro Sábado do mês de Outubro . Esta decisão permitirá a todos conhecerem a data com o máximo de antecedência . .
.
.

POSTAL DA JOÃO GOMES (EM MOÇAMBIQUE)



Olá pessoal,

Não estou de férias, tão pouco é Verão aqui.

6 da manhã de um domingo radioso e vislumbra-se um dia de praia. Destino Sul 25º 06’ Este 33ª44’ - Xai Xai. Para os mais distraídos, estou a falar de uma das muitas praias de Moçambique, esta na província de Gaza.


Saí de casa . O Kumbe já me esperava (calma........ é o motorista), indicações no GPS, pelo sim pelo não, e durante 3 horas passei por mercados, autênticos arraiais, paisagens luxuriantes, novas formas de marketing (sacos de plástico que nascem nas arvores, prometo um dia destes documentar) e, quase me esquecia, a entidade mais importante destas picadas, o “Chapa”, uns caixa aberta, outros fechada e outros nem por isso, mas sempre “Chapa”. Confesso que não estava preparada para, ao fim de 200 Km e 3 horas, ser brindada por uma praia imensa, bordejada de floresta e águas transparentes.


Com uma temperatura ambiente de 29º, uma água de 23º, uma brisa qual Foz ou S.Martinho, no pino do Inverno, corri para o mar e mergulhei.

A tolha esperava-me, sim porque não desisti de criar algum bronze, e o tempo foi passando entre baleias, tubarões, pescadores e casamentos, estava-se bem, tão bem que senti a falta do Azarias (meu mainate), para me servir ali mesmo as lagostinhas, pelo que fui à procura de onde comer.


Imaginem uma cubata dentro da praia, onde me serviram umas virtualhas de ir às lágrimas. Pedindo-me desculpa, a empregada ficou triste por não me servir o café e eu tive de partir em sua busca. Sorte a minha, porque na encosta um “resort” serviu-me uma bica (tinha no mínimo 2dl), mas a paisagem era soberba e tudo o mais passou a bom. Mas era tarde e havia que voltar.



Já sentada na minha sala, e querendo partilhar convosco este meu primeiro dia de Inverno no Xai Xai, escrevi estas linhas que documento fotograficamente.


Bjs
MJoãoGomes
...............................................................................................................
COMENTÁRIOS
08-07-2008
João Jales disse:
Magnífico local, belas fotografias, que inveja! Só fiquei surpreendido com a "bica" que lhe serviram no "resort", não parece nada a chávena de café a que estamos habituados no nosso país...
Espero que mais colegas sigam o exemplo e nos enviem também um "postal" do local onde estejam a passar férias.
A foto da João pode ser comparada com a que serve de cabeçalho a este Blog. É incrível como,todos estes anos depois, ela está na mesma!
.
09-07-2008
Manuel Agudo disse...
Isto sim, é que é "colidade" de vida!
.
09-07-2008
Zé Carlos Faria disse:
Estou a ver! A bica da Jotinha é assim a modos que mais parecida com a Laurentina ou a Mac Mahon (popularmente conhecida por 2M), afamadas «bejecas» Moçambicanas. Querem ver que desenvolveram uma gama com travo de café? Não deixava de ter o seu chic... Até porque ir à praia com motorista e saudades do mainato Azarias (azar dele que a patroa não o integrou no séquito) parece ser coisa de gente fina.
Tanto quanto me lembro, em Maputo vai-se «ali» ao Xai-Xai e até já, sim? A Macaneta é mais perto, mas está só a quarenta e tal quilómetros e, a partir do momento em que os hipopótamos emigraram, não tem o mesmo charme...O Xai-Xai é uma praia fabulosa! Porém, desde que um admnistrador colonial teve o capricho de dinamitar a barreira natural, das bandas do mar começaram a aparecer umas visitas sem convite, os Tubas, uns esfaimados sem maneiras, sempre com os dentes à mostra e a comer o que lhe passa pela frente; parece que é particularmente difícil fazer-lhes compreender que não são bem vindos e que devem partir. No entanto, quando chegam, a sua presença não passa despercebida e há mesmo quem guarde deles a recordação profunda e indelével da intensidade com que estabelecem contacto. Quando lá fui, ainda tive a oportunidade de os avistar ao longe, mas não fomos apresentados...
.
JJ respondeu ao Zé Carlos:
O dinamitar da barreira pelo administrador colonial não foi um capricho, e sim o cumprir de uma ordem. Dinamitou-se a barreira para permitir que o Presidente da República, sr. Almirante Américo Tomás, pudesse visitar a praia sem ter que sair do barco em que viajava desde Lourenço Marques. O "cabeça de abóbora", como era carinhosamente conhecido o nosso Almirante, parece que nadava pouco (ou nada) e temia transbordos para barcos mais pequenos, onde, ainda por cima, enjoava... Enfim, um episódio digno do chefe um povo de marinheiros!
.
Z C Faria acrescentou:
Desconhecia essa proeza náutica do Venerando Almirante Américo de Deus.
Não resisto a transcrever um excerto de um seu discurso de 1965, onde é bem evidente a vocação marítima que o assistia:
«V. Exª referiu-se ao meu passado marinheiro. Lembrou uma vida toda ela dedicada ao mar e à Nação. E eu, quando estava ouvindo V. Exª , lembrei-me que o mar do Algarve não é para mim desconhecido. Aqui trabalhei, durante muitos meses no levantamento da carta hidrográfica».
Era o que, com propriedade, se podia chamar um marinheiro de água doce...
.
08-07-2008
Jorge disse:
Mas se não está de férias que faz a nossa colega nas praias moçambicanas? Ainda lhe pagam para lá estar? Tem razão o Jales, que inveja! E essas do almirante até vieram a propósito...
.
09-07-2008
Anabela Miguel disse:
Acabei de ver as fotos da João Gomes. Lindas como todas as fotos de África. Senti saudades da terra africana que conheci há muitos anos atrás.
.
10-07-2008
São disse:
"Sã Inveja !??!"
Olá João!Aqui também já começou o verão, Haia 52´ 05´N / 4´ 19´E... e deixa-me dizer-te que gozamos diáriamente de infindáveis fantásticas chuvas torrenciais...extraordinárias trovoadas com sumptuosas desgargas eléctricas ... e da benévola frescura de 15 graus...e como se isto tudo não bastasse ainda somos cada vez mais frequentemente obsequiados com uma sobrenatural chuvada de granizo do tamanho de bolas de ping-pong que nos deixa os carros cheios de mossas!! Pffff...inveja!??!
Tenho apreciado os teus comentários...e gostei de te ver... estás óptima! Bjs SãoX
.
10-07-2008
Miguel B M disse:
"Roão, com aquele look, tem cuidado com algum canibal" (Nota-Roão é como a minha filha lhe chama)
.
11-07-2008
João Gomes disse:
1-O objectivo foi cumprido, criar alguma sã inveja nos meus leitores, e dar um laivo colonialista à coisa. Mas vocês merecem que eu confesse. Levar motorista, eu, "a Joãozinha Fitipaldi"??? Estar naquela praia e lembrar-me do mainato, eu???
2-Isto de ter amigos é mesmo uma coisa muito boa. Eu já sabia, mas a 10 mil Kms de distância tem outro gostinho, obrigada por estes momentos. PS: até estas da “gente fina” e do “canibal” eu sei que são um “carinho”, e quem como eu os conhecer bem, sabe que o são.
MJoãoGomes
.
13-07-2008
Anónimo disse:
A João é uma sortuda. Vezes sem conta fui ao Xai-Xai e nunca tive o privilégio de ver as baleias. Se tivesses olhado mais para Sul, aposto que ainda vias o "adamastor"! Adoro o Xai-Xai ao amanhecer.
(NOTA DA REDACÇÂO: este anónimo poderá, por favor, identificar-se ?).
.
16-07-2008
Belão disse:
Grandes vidas, menina João!E ainda recebes para viver assim!Tal como o resto do pessoal estou cheia de inveja. Na volta ainda tenho de te visitar! Bjocas e saudades
.
17-07-2008
Nela disse:
Joãozinha só agora consegui algum tempo para, com calma, ver o blogue. Está FANTÁSTICO!!! Continuem.
Vê-se bem que estás bestial. Também gostei imenso de ver o Miguel BM na sua visita ao Brasil. Fico muito contente por estar bem.
A tua afilhada Raquel ficou muito entusiasmada com todo esse ambiente e gostaria muito de te fazer uma visita! Até pode ser, quem sabe!!Junta o trabalho ao lazer e continua a disfrutar dessa beleza natural fantástica!!! Beijocas para ti
Nela Joana e Raquel
.
17-08-2008
JJ disse:
Com todo o pessoal que "ameaça" visitar-te aí em Moçambique é melhor começares a pensar se fazes obras de ampliação em casa ou se instalas um parque de campismo no jardim... Vai ser uma festa!
Espero que nunca te arrependas desta divulgação do teu Paraíso...
.
M João respondeu:
Se a “ameaça” se concretizasse, então sim, era o “meu paraíso”!

2 comentários:

Belão disse...

Grandes vidas, menina João!E ainda recebes para viver assim!
Tal como o resto do pessoal estou cheia de inveja. Na volta ainda tenho de te visitar!
Bjocas e saudades

NELA disse...

Joãozinha só agora consegui algum tempo para, com calma, ver o blogue. Está FANTÁSTICO!!! Continuem.
Vê-se bem que estás bestial. Também gostei imenso de ver o Miguel BM na sua visita ao Brasil. Fico muito contente por estar bem.
A tua afilhada Raquel ficou muito entusiasmada com todo esse ambiente e gostaria muito de te fazer uma visita! Até pode ser, quem sabe!!
Junta o trabalho ao lazer e continua a disfrutar dessa beleza natural fantástica!!!
Beijocas para ti Nela Joana e Raquel