ALMOÇO / CONVÍVIO

ALMOÇO / CONVÍVIO

Os futuros almoços/encontros realizar-se-ão no primeiro Sábado do mês de Outubro . Esta decisão permitirá a todos conhecerem a data com o máximo de antecedência . .
.
.

SUNSET BOULEVARD (Billy Wilder, 1950)

.
.

Norma Desmond (Gloria Swanson) é uma antiga estrela do cinema mudo que vive numa mansão, digna de uma novela gótica do século XX, com o seu ex-marido, realizador, agente, motorista e mordomo Max von Mayerling (Erich von Stroheim), há mais de vinte anos.
.
Joe Gillis (William Holden) é um argumentista freelancer que é convencido a escrever o guião para o “regresso” da diva, um sucesso que o fará famoso. Mas Fausto ronda este enredo em que não há sucesso nem futuro para ninguém…
.
O melhor filme de sempre sobre Hollywood, realizado por Billy Wilder em 1950, Sunset Boulevard ("O Crepúsculo dos Deuses" em Portugal) é inesquecível ao mostrar quão descartáveis são as celebridades da Sétima Arte.
.
Filme verdadeiramente noir, este é um drama de frustrações e angústias. Faz parte dos filmes da vossa vida?




__________________________________________________________
C O M E N T Á R I O S
.
.

João Ramos Franco disse...
Ver na minha juventude este filme confesso que foi um pouco confuso. Um drama para o qual talvez não estiva preparado para enfrentar e enquadrar, dado o meu desconhecimento da historia da 7ª arte, quando o vi pela primeira vez. A Galeria de cartazes com a fotografia de Celebridades do Cinema no Cine – Teatro Pinheiro Chagas, não era documentada ao ponto de nos esclarecer. Estas obras que recordamos hoje fazem parte de um despertar cultural que retrata como nos fomos construindo.
João Ramos Franco
.

ze_mas disse...
O filme é fantástico mas não me recordo de o ter visto na minha juventude,foi nas Sessões Clássicas da década de 70 que o vi em Lisboa.Concordo que é um filme deseperado sobre Hollywood e uma amarga reflexão sobre o Cinema mas não é talvez um dos filmes da nossa juventude...pelo menos da minha!

Já está disponível em DVD,comprei-o aqui na Fnac há 3 ou 4 anos.
.

2 comentários:

João Ramos Franco disse...

Ver na minha juventude este filme confesso que foi um pouco confuso. Um drama para o qual talvez não estiva preparado para enfrentar e enquadrar, dado o meu desconhecimento da historia da 7ª arte, quando o vi pela primeira vez. A Galeria de cartazes com a fotografia de Celebridades do Cinema no Cine – Teatro Pinheiro Chagas, não era documentada ao ponto de nos esclarecer. Estas obras que recordamos hoje fazem parte de um despertar cultural que retrata como nos fomos construindo.
João Ramos Franco

ze_mas disse...

O filme é fantástico mas não me recordo de o ter visto na minha juventude,foi nas Sessões Clássicas da década de 70 que o vi em Lisboa.
Concordo que é um filme deseperado sobre Hollywood e uma amarga reflexão sobre o Cinema mas não é talvez um dos filmes da nossa juventude...pelo menos da minha!
Já está disponível em DVD,comprei-o aqui na Fnac há 3 ou 4 anos.