ALMOÇO / CONVÍVIO

ALMOÇO / CONVÍVIO

Os futuros almoços/encontros realizar-se-ão no primeiro Sábado do mês de Outubro . Esta decisão permitirá a todos conhecerem a data com o máximo de antecedência . .
.
.

Dra. Inês / D. Esperança / D. Dora


.

fotografia do arquivo de Inês Figueiredo, texto de Manuela Carvalheiro
.
.

Não sei se esta foto interessa... mas como envolve a Dª Dora e a Esperança, faladas nesta altura do blog, sempre lha mando.

Muito gostava eu de me recordar da conversa que aqui estávamos a ter! e não consigo. Muito conversávamos nós. Inês.

. Dra. Inês / D. Esperança / D. Dora

.
.Caros Colegas e amigos

Obrigada pelo texto cheio de carinho que escreveram e comentaram, sobre a minha irmã. A Esperança tinha cerca de 5 anos mais do que eu. Através dela eu via o mundo dos “crescidos” e nesse mundo entre outras coisas, estava o Colégio Ramalho Ortigão. As vivências, as conversas, as amigas, que tantas vezes iam lá para casa brincar no quintal, os professores, as aulas, os exames….era um mundo novo a que eu ansiava pertencer.



Nessa época eu frequentava o pseudo Jardim-escola da D. Perpétua na Rua do Jardim e depois a Escola Primária da D. Joaquina Rainho na nossa Rua, então rua da Electricidade. Mais tarde também foi a minha vez de ir para o Ramalho Ortigão e a Esperança dele sair para o Magistério Primário (a Universidade nunca a seduziu). Passados anos tudo se inverteu. Ela voltou, já como professora e eu saí, para Coimbra perseguindo o sonho da Medicina. Quase nunca nos encontramos no Colégio. Mas na realidade isso teve pouca importância porque se partilhavam as vivências.



Agora porém, de forma triste e definitiva, a vida não nos deixa encontrar nas memórias do blog dos Antigos Alunos.

Mas do muito que se vive, de forma mais ou menos paralela como acontece entre irmãs, resta sempre muito. Mas também resta e se aprofunda dia a dia a grande amizade com o meu cunhado Jaime Serafim, com os meus sobrinhos.

No fundo resta a vida

Manuela Carvalheiro


_______________________________________________

COMENTÁRIOS

.
Isabel Cx disse:

A fotografia da Dra. Inês está tão gira! A D. Esperança, uma noiva muito bonita, a Dra. Inês muito amorosa, como sempre, e a D. Dora com um "penteado de festa", sem dúvida um grande melhoramento... não percebo bem porque tem a mão esticada, tem algo que me faz lembrar as estátuas Gregas ou Romanas, nem sei! Isabel
.

São Caixinha disse:
A D. Esperança nunca foi minha professora e na realidade só a conhecia através das palavras da Isabel que sempre a recordou com muito carinho! Contudo nunca me tinha contado nada das simpáticas visitas a que se refere , e compreendo agora ainda melhor a dimensão desse carinho.

Compreendo também a que se refere a Manuela quando fala das vidas paralelas entre irmãs e consigo imaginar a sua tristeza por não poder partilhar estes momentos com a sua. Também a mim me deixa um pouco triste e quero enviar-lhe um afectuoso abraço.

Como diz, "no fundo resta a vida"...e é isso que devemos celebrar neste momento, a vida, o valor da verdadeira amizade... e a magia deste blogue onde recordar não só nos permite desfrutar deliciosos nostálgicos momentos, mas frequentemente também reavaliar as dimensões do nosso crescimento!!

E que belas fotografias tanto a do casamento como a do jantar, obrigado a ambos os professores por as partilharem! E, já agora... obrigado também a todos pelas simpáticas e afectuosas palavras.Bjs São


1 comentário:

Isabel X disse...

Agora o tom é mais profundo. Lamento profundamente a perda sofrida! O testemunho da irmã da D. Esperança é comovente e um hino à vida, também!
- Isabel Xavier -